Todos de Jesus -- Igreja Progressista de Cristo - - - - - - - - - - - - - - - -
 
  Início
  Antes de tudo entenda o conceito
  Bíblia e Sexualidade
  => Sodoma e Gomorra
  => Levítico
  => O que é "Abominação"?
  => Juízes capítulo 19, um texto importante
  => O que é um "prostituto cultual"?
  => Qual o pecado de Sodoma?
  => Jônatas e Davi, tem como negar?
  => Novo Testamento (introdução)
  => Novo Testamento (versículos específicos)
  => Romanos 1 simplificado
  => Romanos
  => Romanos, parte 2
  => Pornografia, masturbação, e outras coisas que passam pela vida dos cristãos.
  => Carta a uma fundamentalista
  Artigos
  Vídeos
  Notícias
  Humor
  Perguntas Frequentes
  Livros
  Homenageados
  Em que acreditamos
  Fale Conosco
  Ajude nosso ministério
  receba as novidades por e-mail
  Área de Membros
Novo Testamento (introdução)



 


Novo Testamento  (introdução)

 

As leis e os contratos de Deus com os homens são mudados conforme a época. Antes de Noé parece que todos eram vegetarianos " Tudo que se move e vive vos será para alimento; como antes vos dei a erva verde, agora tudo vos dou."(Gênesis 9.3); isto foi mudado, contudo os israelitas não podiam comer qualquer tipo de carne (Levítico 11). Na era cristã no entanto já não há restrições alimentares " Não compreendeis que o que entra pela boca não pode contaminar o homem?...    E, assim, ele considerou puros todos os alimentos" (Marcos 7.18,19).

No antigo testamento ter filhos era sinal de prosperidade e da benção do Senhor (Salmo 128.1-4); muitas mulheres sofreram a vergonha da esterilidade (Gn.30.1,2,22,23; I Sm.1.11; II Sm. 6.23; II Rs.4.14-17); porém os profetas disseram que na nova aliança a esterilidade não seria mais uma vergonha (Is.54,1-4). Se o antigo testamento tratava da aliança exclusiva que Deus o Pai fez com o povo de Israel, o Novo Testamento trataria da aliança que Cristo faria com todas as nações: “ Com certeza você convocará nações que você não conhece, e nações que não o conhecem se apressarão até você, por causa do SENHOR, o seu Deus, o santo de Israel, pois ele lhe concedeu esplendor”. (Is. 55.5).

A saída da lei traria uma dispensação superior a antiga- “ A ordenança anterior é revogada, porque era fraca e inútil (pois a Lei não havia aperfeiçoado coisa alguma), sendo introduzida uma esperança superior,pela qual nos aproximamos de Deus” (Hb.7.18,19).

Agora, porém, o ministério que Jesus recebeu é superior ao deles, assim como também a aliança da qual ele é mediador é superior a antiga, sendo baseada em promessas superiores” (Hb.8.6).

Jesus realmente trouxe uma aliança superior. Mesmo para as coisas que na lei eram pecados passíveis de morte, ele mostrou um outro caminho; o do amor e perdão. Por exemplo a lei dizia: “ Se um homem cometer adultério com a mulher de outro homem, com a mulher de seu próximo, tanto o adúltero quanto a adúltera terão que ser executados” (Lv.20.10). isto era um mandamento da lei, matar os adúlteros; mas quando apresentam a Jesus uma mulher surpreendida em adultério (João cap.8) ele mostra que existia um padrão ainda mais elevado de santidade do que a lei mosaica.


O que o Novo Testamento diz :


Jesus em seu ministério terreno nada falou contra homossexualidade; não lemos nada nos evangelhos a respeito disso, pelo contrário, ele ensinou aceitação e tolerância para com todos. Os homosexuais cristãos podem encontrar conforto quando lêem estas palavras de Jesus:

Eu lhes asseguro: Quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não será condenado, mas já passou da morte para a vida” (João 5.24)

Todo aquele que o pai me der virá a mim, e quem vier a mim eu jamais rejeitarei” (João 6.37)

As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem. Eu lhes dou a vida eterna, e elas jamais perecerão; ninguém poderá arrancar da minha mão. Meu pai, que as deu para mim, é maior do que todos; ninguém as pode arrancar da mão de meu pai” (João 10. 27-29)

Estou acostumado a ver o sofrimento de homossexuais cristãos que não conhecem a verdade dos textos bíblicos e sofrem achando que Deus as proibiu de amar. Essas pessoas infelizmente desconhecem que o nosso Deus é um Deus do amor e da pureza; essas pessoas estão sofrendo para obedecer ao que os homens lhes impuseram como pecado mas que o Novo Testamento não chama de pecado como iremos analisar. Quando há alguma coisa que é pesadíssima, como a proibição aos homossexuais de amar, devemos desconfiar que isso não provém de Deus, Deus não nos dá mandamentos pesados, como diz a escritura: “Por que nisto consiste o amor a Deus: Em obedecer aos seus mandamentos. E os seus mandamentos não são pesados.” (I João 5.3).

 

 
   
Advertisement  
   
=> Do you also want a homepage for free? Then click here! <=