Todos de Jesus -- Igreja Progressista de Cristo - - - - - - - - - - - - - - - -
 
  Início
  Antes de tudo entenda o conceito
  Bíblia e Sexualidade
  Artigos
  => Santos gays?
  => Quem mostra o amor de Jesus?
  => A população glbt e os jesuítas
  => Símbolos GLS
  => Adam & Steve
  => Contrato ou Testamento?
  => Antes de se assumir, algumas orientações
  => O que é um "ex-ex-gay" ?
  => Conheça a cura para a AIDS
  => Os canhotos, a igreja e os homossexuais
  => Conheça a história de "Brenda"
  => Crianças Transgéneres (Superinteressante)
  => Praticando a Justiça
  => Fatores biológicos!
  => Animais gays confundem Darwinistas
  => Maravilhosa Graça
  => Júlio Severo, pregador do preconceito
  => Temática gay nos X-men
  => IPC Entrevista
  => A doença dos preconceituosos
  => Sangue e Preconceito
  => Esta é uma história real
  => As perguntas de Gabriel
  => Livro: Ser gay e cristão é possível
  => Entrevista com o Pr. Kleyton Pessôa
  => 5 mitos sobre homossexuais são derrubados
  => uma pergunta capciosa
  Vídeos
  Notícias
  Humor
  Perguntas Frequentes
  Livros
  Homenageados
  Em que acreditamos
  Fale Conosco
  Ajude nosso ministério
  receba as novidades por e-mail
  Área de Membros
Os canhotos, a igreja e os homossexuais


                  



OS CANHOTOS, A IGREJA E OS HOMOSSEXUAIS

 

O canhotismo é um desvio natural que depende de pequenos fatores genéticos. Um canhoto, em sua constituição biológica, possui todos os genes e cromossomos iguais aos das pessoas destras, mas inexplicavelmente desenvolvem o lado oposto do cérebro. Isso também pode ser observado em alguns animais como macacos e ursos.

 

A igreja sempre teve a tendência de condenar àquilo que não compreende. Por exemplo, no passado, a Igreja Católica ensinava que ser canhoto era ‘do Diabo’ e, como conseqüência, crianças tinham a mão esquerda amarrada ao corpo nas escolas para que forçadamente aprendessem a escrever com a mão direita.

 

A Igreja não compreendia que o ser canhoto era algo natural do indivíduo, por isso o forçava a escrever com a mão direita, acreditando que esta era a forma natural e correta para todas. Usavam algumas passagens da Bíblia de forma tendenciosa para justificar tal atitude (Mt. 25:32-41).

 

A igreja progrediu muito pouco ao longo da história. Ser canhoto deixou de ser algo condenável em algum momento, porém a mesma atitude medieval continua a ser usada em situações semelhantes nos dias atuais, como, por exemplo, com relação à homossexualidade.

 

As igrejas, Católica e protestantes, pregam que ser homossexual é algo condenável e querem que alguns indivíduos nessa condição adotem um comportamento contrário à sua sexualidade, fazendo com que se casem com mulheres e adotem um estilo de vida heterossexual. Utilizam-se de passagens bíblicas mal estudadas e mal interpretadas para justificar tal procedimento.

 

Se você é destro, imagine-se forçado a escrever com a mão esquerda o resto da vida. Bem, escrever é algo razoável, mas ainda assim seria terrível. Agora, imagine-se tendo de fazer sexo com alguém de quem não gosta de verdade, jamais poder sentir-se realizado no amor.

 

A igreja deixou de considerar o canhotismo uma prática diabólica e de forçá-los a escrever de uma forma que para eles seria antinatural.

 

Quando começarão a pensar na homossexualidade da mesma maneira?

 Pr. Petrus Dimitriev

 
   
Advertisement  
   
=> Do you also want a homepage for free? Then click here! <=